OKRs: Revolucionando a Execução

Você está visualizando atualmente OKRs: Revolucionando a Execução
Freepik

Por Marcelo Melgaço 

Você provavelmente já ouviu falar sobre OKRs, o método para definição e alcance de metas que se espalhou pelo mundo nos últimos anos. Ao mesmo tempo em que são a melhor solução para os novos tempos – de mudanças constantes que demandam agilidade máxima –, os OKRs são simples de compreender e aplicar, contanto que trabalhados da forma correta.

Muitas consultorias e diversos autodenominados “profissionais” estão “ensinando” e implantando nas empresas algo que eles dizem ser OKRs, mas não são.

Divulgação

OKRs não são o mesmo que indicadores. Muita gente está simplesmente “reembalando” indicadores como se fossem OKRs e vendendo gato por lebre.

OKRs não são listas de tarefas. Quem não sabe o que está fazendo vem orientando as empresas a transformar em OKRs tudo o que precisa ser feito na empresa. Sem foco e objetivos estratégicos, não há OKRs.

OKRs não são substitutos para projetos ou planos de ação. Bons OKRs são medidos por resultados, enquanto planos de ação e projetos são medidos pela conclusão de fases e do plano/projeto como um todo, quer deem resultado ou não.

MAS, AFINAL, O QUE SÃO OKRS?

OKRs, sigla em inglês para Objetivos e Resultados-Chave, são uma metodologia ágil de execução da estratégia, baseada em objetivos e metas altamente desafiadoras, criada no Vale do Silício. Apesar de ter nascido em um ambiente de alta tecnologia, os OKRs de destacam – diferentemente, por exemplo, do BSC (Balanced Scorecard) – pela simplicidade conceitual. Basicamente, equipes de executivos e colaboradores definem os objetivos estratégicos a serem alcançados pela empresa, bem como os resultados-chave (metas) que informarão sobre a efetividade deste alcance. Essas equipes trabalham com OKRs trimestrais, conectados a objetivos estratégicos anuais. A cada trimestre, novos OKRs são definidos e passam a ser executados, sempre baseados nas mudanças observadas junto aos clientes, à concorrência, ao ambiente econômico etc.

Divulgação

Isso não quer dizer que a cada três meses a empresa muda o seu foco, nada disso! O que orienta a definição e execução dos OKRs, acima de tudo, são os objetivos estratégicos anuais – eles são o Guia da Estratégia em direção à Visão de Futuro da empresa. Os objetivos estratégicos mantêm o foco naquilo que interessa ao negócio, enquanto executivos e colaboradores navegam os mares revoltos do mercado com os OKRs.

Quer conhecer melhor sobre OKRs e como eles podem transformar sua empresa e seu negócio? Mande uma mensagem via WhatsApp para 62991217103 e agendarei um horário para falarmos, presencialmente ou online. Será um prazer!

Marcelo Melgaço

Atua há 25 anos em construção e execução da estratégia.

* Mestre em Gestão da Qualidade pela UNICAMP e graduado em Engenharia Mecânica pela mesma instituição;

*  Especialista em Estratégia de Negócios pela University of Virginia, Darden School of Business;

* Certified OKRs Professional;

* Professor Associado de Estratégia da Fundação Dom Cabral.

______

LEITORES ESTRATÉGICOS
Participem do canal STG NEWS – o portal de notícias sobre estratégia, negócios e carreira da Região Centro-Oeste: https://x.gd/O20wi

Deixe um comentário