Cine-debate: projeto do Sicoob UniCentro Br fomenta discussões sobre saúde por meio do cinema

Você está visualizando atualmente Cine-debate: projeto do Sicoob UniCentro Br fomenta discussões sobre saúde por meio do cinema
O professor de cinema da Universidade Federal de Goiás (UFG), Lisandro Nogueira; o presidente do Conselho Administrativo do Sicoob UniCentro Br, Clidenor Gomes Filho; e o médico, coordenador do Instituto e professor da Faculdade de Medicina da UFG, Fernando Cupertino, debatem o filme da segunda sessão do projeto Cine-Debate: Medicina e Saúde no Cinema, realizado no dia 6 de maio (Divulgação)

Discutir a importância da humanização no atendimento de saúde por meio de grandes obras da sétima arte é o principal objetivo do projeto “Cine-debate: saúde e sociedade no cinema”, que está em sua segunda temporada em 2024. Desenvolvida pelo Instituto Cultural Sicoob UniCentro Br, essa edição teve início em abril e prevê a exibição de um filme nas primeiras segundas-feiras de cada mês, no auditório do Sicoob UniCentro Br, em Goiânia (GO). A terceira sessão será no dia 3 de junho, às 19 horas, na qual será exibido o filme Um Golpe do Destino, obra que retrata o drama de um cirurgião de sucesso, mas solitário, arrogante e insensível, que passa a ver a vida de uma perspectiva diferente – a do paciente – após o diagnóstico de um tumor maligno.

Após a exibição, o público será conduzido a um debate sobre a película, mediado pelo professor de cinema da Universidade Federal de Goiás (UFG), Lisandro Nogueira, e pelo médico, coordenador do Instituto e professor da Faculdade de Medicina da UFG, Fernando Cupertino. Segundo o coordenador, a iniciativa vem justamente para buscar esse alinhamento de temas que interessam à saúde, à medicina e às ciências sociais com o cinema. “Será uma forma lúdica e agradável de aprendermos coisas novas. Teremos debates com especialistas ligados aos diferentes temas apresentados e tenho certeza de que será uma experiência muito enriquecedora”, destaca. Nesta terceira sessão, participa também do debate o médico Heitor Rosa, como convidado especial.

Lisandro Nogueira, crítico de cinema e responsável pela curadoria das obras cinematográficas, avalia que a iniciativa servirá para nortear os participantes com novas perspectivas. “Esse projeto tem uma importância muito grande porque hoje vivemos em um mundo sem bússola, sem os norteadores antigos que nos guiavam e nos davam sentido. Hoje está tudo muito confuso e aberto, e o Cine-debate é uma oportunidade para a gente tirar um tempo para refletir e ver que o mundo é muito complexo e caótico, mas, ao mesmo tempo, é muito fascinante. E só a sabedoria e o conhecimento é que podem nos dar essa nova bússola para seguir em diante”, observa.

Público

O projeto tem como público-alvo estudantes, profissionais e sociedade em geral interessada pelas ciências da saúde e da comunicação, que terão a oportunidade de vivenciar debates, num ambiente de cinema, com direito a pipoca e refrigerante, além de sorteios de prêmios. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados alguns minutos antes, na recepção do evento.

A presidente do Centro Acadêmico (CA) de Medicina da UFG, Anna Raphaella Matos, que participa do projeto desde a estreia da iniciativa, em 2023, ressalta que a experiência com os estudantes é sempre muito positiva. “Eu vi como algo enriquecedor continuar falando da medicina, só que em um contexto diferente. Então, mudar essa visão faz diferença”, analisa. De acordo com Anna Raphaella, no ano passado, os debates foram levados até mesmo para a sala de aula, no núcleo livre de Mentoring, uma espécie de mentoria para os alunos. “É um espaço onde os estudantes falam da vida, da rotina do curso e os professores vão mediando a conversa, até para poder desafogar um pouco daquela rotina pesada da graduação. E os professores passaram a utilizar o Cine-debate nas aulas do Mentoring”, conta.

Já a presidente do CA de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), Letícia Belchior, salienta a curadoria das obras que, em sua avaliação, enriquecem o debate. “As discussões após esses filmes, com profissionais muito capacitados, tanto do cunho histórico, quanto social e cultural, com uma contextualização da nossa atuação prática e teórica nos dias de hoje na medicina, é algo realmente muito engrandecedor”, pontua.

Confira a programação das próximas sessões do Cine-debate:

Segunda-feira, 3 de junho: Um golpe do destino (1991)

Segunda-feira, 1º de julho: Erin Brockovick: uma mulher de talento (2000)

Segunda-feira, 2 de setembro: Amor/Amour (2012)

Segunda-feira, 7 de outubro: Path Adams: o amor é contagioso (1998)

Segunda-feira, 4 de novembro: O jardineiro fiel (2005)

Serviço: Cine-debate: saúde e sociedade no cinema
3ª Sessão – filme: Um golpe do destino (1991)
Data: 3 de junho (segunda-feira)
Horário: às 19 horas
Público-alvo: estudantes, profissionais e sociedade em geral interessada pelas ciências da saúde e da comunicação
Local: Auditório do Sicoob UniCentro Br (3º andar do prédio localizado na Rua 25, nº 109, Setor Marista, Goiânia – GO. Entrada pelo portão de pedestres)

Sobre o Sicoob UniCentro Br   

O Sicoob UniCentro Br é uma cooperativa de crédito de livre admissão que tem o objetivo de administrar os recursos financeiros dos cooperados, proporcionando maior rentabilidade e justiça financeira a todos. A instituição foi fundada há 31 anos, administra mais de 7,1 bilhões de ativos e conta com mais de 125 mil cooperados no Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins.

_____

LEITORES ESTRATÉGICOS
Participem do canal STG NEWS – o portal de notícias sobre estratégia, negócios e carreira da Região Centro-Oeste: https://x.gd/O20wi

Deixe um comentário