Polo aeronáutico em Aparecida de Goiânia terá núcleo de ensino para aviação de negócios

Você está visualizando atualmente Polo aeronáutico em Aparecida de Goiânia terá núcleo de ensino para aviação de negócios
Previsão de início das operações do Antares, em construção na cidade de Aparecida de Goiânia, é para o fim de 2024 (Divulgação)

O Polo Aeronáutico Antares, que está sendo construído em Aparecida de Goiânia (região metropolitana de Goiânia), irá receber o primeiro núcleo de ensino à distância do Centro-Oeste voltado para a aviação de negócios. A novidade foi oficializada durante a última edição da Labace (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition), maior feira de aviação da América Latina, realizada entre os dias 8 e 10 de agosto, no Aeroporto de Congonhas, na cidade de São Paulo. Na oportunidade, representantes da Escola Superior do Ar e do Antares assinaram memorando de entendimento para a instalação da primeira unidade fora do estado de São Paulo daquela que é a primeira e única faculdade privada no Brasil com foco na formação superior em aeronáutica.

Durante a assinatura do memorando, o empresário, piloto e CEO da CFLY Educacional (mantenedora da Escola Superior do Ar), Francisco Lyra, destacou que o principal objetivo da instituição é ajudar a desenvolver talentos da aviação, atendendo o crescimento projetado do setor no Brasil. “Os departamentos de recursos humanos [de empresas ligadas à aviação civil] estão sobrecarregados com pessoas que chegam precisando de treinamento adicional extensivo, antes de começarem a trabalhar”, disse Lyra, um dos idealizadores da Escola Superior do Ar, durante a assinatura do documento.

De acordo um dos sócios-empreendedores do Antares, Romeu Neiva, a parceria entre o polo aeronáutico e Escola do Ar atende a um dos pilares do projeto, que além de ser um hub completo para aviação de negócios, será também um núcleo de formação de mão de obra qualificada. “Para nós é uma honra termos como um dos nossos primeiros parceiros uma instituição que traz em seu corpo diretivo e docente profissionais com larga experiência na aviação civil, e que acumulam décadas de mercado e reconhecimento internacional, inclusive”, destacou o empresário. A Escola Superior do Ar, que já funciona na cidade de Guarulhos (SP), oferece vários cursos de graduação, pós-graduação, MBA e cursos livres, de forma presencial e EAD (Ensino à Distância).

Rodrigo Neiva, sócio-empreendedor e diretor comercial do Antares, também destacou a importância da presença do empreendimento na Labace, hoje uma das principais vitrines para o segmento da aviação de negócios na América Latina. “Mais uma vez foi uma visibilidade incrível, que nos trouxe grandes oportunidades de negócios. Encontramos aqui muitas empresas que são o nosso público alvo, ligadas à manutenção aeronáutica, a serviços de bordo aéreo, combustíveis para aviões, indústria de peças, logística aérea e outros”, pontuou o empresário sobre a segunda participação do Antares na Feira.

Operação em 2024
Com uma área de 209 hectares e  investimentos na de ordem de R$ 100 milhões, só na primeira fase da obra que deve ser entregue até o fim de 2024, o Antares Polo Aeronáutico é um projeto capitaneado pelas empresas goianas Tropical Urbanismo, Innovar Construtora, CMC Engenharia, BCI Empreendimentos e Participações e a RC Bastos Participações. A pista de pouso e decolagem, principal infraestrutura do empreendimento, terá 1.980 metros de extensão por 45 metros de largura, contará com PCN 42, índice de Classificação do Pavimento que garantirá condição estrutural para operações de aeronaves de grande porte, como os Boeings 737-800. O aeroporto Antares iniciará as operações com VFR e podendo chegar até um IFR. 

Ao todo o projeto Antares prevê cinco fases de obras, sendo que a primeira etapa do empreendimento já contará com a pista e terminal de embarque e desembarque operando, além de estacionamento e 72 lotes de 1.000m² a 1.500 m² com toda a infraestrutura necessária, como energia elétrica, sistema de abastecimento de água, pavimentação asfáltica e área fechada com portaria monitorada. A título de incentivo, o Antares oferece 20 anos de incentivos fiscais no Imposto Sobre Serviços (ISS), Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana (ITU) e no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).