Painel online debate papel estratégico da Sudeco e dos fundos de investimento

Você está visualizando atualmente Painel online debate papel estratégico da Sudeco e dos fundos de investimento
(Imagem: Pixabay)

No dia 16 de outubro último, o Ministério do Desenvolvimento Regional anunciou estudos para transformar os fundos de desenvolvimento da Amazônia (FDA), Nordeste (FDNE) e Centro-Oeste (FDCO) em fundos de natureza privada. O objetivo é o de captar investimentos privados para projetos de infraestrutura e a renegociação de dívidas de empreendedores com os fundos constitucionais e de investimento sob responsabilidade do ministério, e assim, estimular a economia.

Nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e no Distrito Federal, que compõem a região Centro-Oeste, o órgão responsável por definir as prioridades na aplicação dos recursos do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste é a Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste). Com o objetivo de colaborar com a discussão sobre a importância de encontrar o melhor recurso para a produção industrial com taxas adequadas e de longo prazo, o Centro-Oeste Export promove o painel “O papel estratégico da Sudeco e dos fundos de investimento na retomada do crescimento pós-pandemia de Covid-19”.

O Centro-Oeste Export acontece entre os dias 9 e 10 de novembro, em Rondonópolis (MT). O debate sobre os fundos de investimento abre a série de quatro painéis previstos para o fórum regional, e acontece a partir das 9h do dia 10 de novembro. Os debates serão transmitidos ao vivo, pelo aplicativo Zoom. O público poderá assistir as transmissões online bastando para isso realizar um breve cadastro aqui. Tanto a inscrição quanto a transmissão dos painéis a palestras são gratuitas.

O formato de todos os painéis conta com um apresentador e um moderador, geralmente conselheiros do Brasil Export, e expositores convidados. O painel sobre os fundos de investimento será apresentado por Edwal Portilho, presidente da Adial (Associação Pró-desenvolvimento Industrial) do Estado de Goiás, e terá moderação da advogada Camila Hermano, especialista em Direito Internacional. Ambos são conselheiros do Centro-Oeste Export.

“A realização do Centro-Oeste Export trará para o palco um dos temas mais relevantes no contexto da pandemia: como alavancar o crescimento do nosso país e da nossa região, tendo como premissa o desenvolvimento em infraestrutura”, afirma Camila.

Ainda segundo a conselheira, apesar de ser notório que o Centro-Oeste avançou muito em logística e hoje ocupa papel de destaque no escoamento da produção industrial e agrícola do Brasil, ainda há muito por fazer. Ela adianta algumas das questões que devem permear as discussões do debate.

“Houve mudanças dos critérios para outorga dos créditos e financiamentos? Frente a desaceleração industrial e ao aumento do desemprego, como podem os governos e a iniciativa privada –com acesso ao capital da Sudeco e dos fundos de investimentos–, reverter efetivamente a situação da região, não apenas de maneira paliativa? Deve-se discutir com afinco caminhos e soluções para o desenvolvimento perene e consolidado”, questiona a advogada.

Entre os expositores convidados estão o superintendente da Sudeco, Nelson Vieira Fraga Filho, além de representantes do BNDES, Banco Mundial e do Fundo Soberano de Singapura.

Serviço: Centro-Oeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária

Data: de 9 a 10 de novembro

Local: evento online

Inscrições: gratuitas e podem ser feitas no endereço: bit.ly/AssistaCentroOesteExport

(*) Programação: http://forumbrasilexport.com.br/centrooesteexport/centro-oeste-export/programacao-do-centro-oeste-export/

Patrocinadores: Brado Logística, CNT, Piacentini do Brasil, Praticagem do Brasil e T-Grão

Apoio Institucional: Ministério da Infraestrutura

(*) sujeita a alterações

Com informações do portal Brasil Export