Impulsionar marcas e garantir lucratividade empresarial com projetos ESG

Você está visualizando atualmente Impulsionar marcas e garantir lucratividade empresarial com projetos ESG
Freepik

Por Danielle Limiro Hanum

A Semana Mundial do Meio Ambiente, celebrada anualmente na primeira semana de junho, oferece uma oportunidade estratégica para as empresas reafirmarem seu compromisso com a sustentabilidade.

A adoção de práticas de Governança Corporativa, Responsabilidade Social e Ambiental (ESG) não só contribui para a preservação do meio ambiente, como também traz benefícios significativos econômicos que fortalecem a marca e impulsionam a lucratividade de empresas.

Dentre os diversos benefícios dos projetos ESG para empresas, destacamos a seguir, cinco:

1 – Fortalecimento da Marca e Reputação

Empresas que adotam práticas ESG sólidas obtêm uma vantagem competitiva significativa em termos de reputação e lealdade dos clientes.

De acordo com a Harvard Business Review, 64% dos consumidores globais consideram a sustentabilidade um fator crucial na escolha de marcas e 91% esperam que as empresas façam mais do que apenas gerar lucros, contribuindo positivamente para a sociedade e o meio ambiente.

2 – Vantagem Competitiva e Acesso a Mercados

A incorporação de práticas ESG oferece às empresas uma vantagem competitiva clara. Empresas comprometidas com a sustentabilidade atraem investidores e têm maior facilidade de acesso a mercados internacionais, onde as regulamentações e expectativas são mais rigorosas.

Um relatório da McKinsey & Company indica que empresas líderes em ESG apresentam maior resiliência em tempos de crise e têm um custo de capital 10% menor em comparação com suas concorrentes menos sustentáveis.

3 – Redução de Custos e Eficiência Operacional

A implementação de práticas ambientais pode resultar em significativas economias de custos operacionais. Tecnologias de eficiência energética, gestão adequada de resíduos e otimização de recursos naturais são exemplos de como essas práticas podem reduzir despesas.

O Carbon Disclosure Project (CDP) revelou que empresas com fortes práticas de gestão ambiental economizaram até US$ 14 bilhões em custos operacionais em um ano.

4 – Melhoria no Engajamento e Retenção de Talentos

As novas gerações de trabalhadores valorizam o impacto social e ambiental das empresas.

Uma pesquisa da Deloitte mostrou que 49% dos millennials consideram os valores e a missão de uma empresa como fatores decisivos na escolha de emprego.

Empresas que demonstram compromisso com ESG atraem e retêm talentos de forma mais eficaz, construindo equipes engajadas e motivadas.

5 – Lucratividade a Longo Prazo

Investir em sustentabilidade não é apenas uma questão de conformidade, mas também de lucratividade a longo prazo.

Um estudo da Morgan Stanley revelou que empresas com fortes práticas de sustentabilidade apresentam um retorno sobre o patrimônio (ROE) 2% maior e um retorno sobre ativos (ROA) 3% maior do que aquelas com desempenho inferior em ESG.

Investir em projetos ESG não é apenas uma tendência passageira, mas uma estratégia essencial para a sobrevivência e prosperidade das empresas no cenário atual de mudanças climáticas e crescente conscientização social.

A Unilever é um exemplo notável de como a sustentabilidade pode levar ao sucesso. Suas marcas de produtos sustentáveis cresceram 69% mais rápido que o restante do portfólio e representaram 75% do crescimento total da empresa.

A Natura, gigante do setor de cosméticos, é reconhecida por seu compromisso com a sustentabilidade. Desde a escolha de ingredientes naturais até a promoção da biodiversidade amazônica, a empresa adota práticas ambientais rigorosas.

A Natura foi a primeira empresa de capital aberto a receber a certificação B Corp no Brasil, destacando-se por seus elevados padrões de responsabilidade social e ambiental. As iniciativas sustentáveis da empresa não só melhoraram sua reputação, mas também impulsionaram suas vendas, consolidando a Natura como uma marca líder no mercado de cosméticos.

A Mãe Terra, empresa de alimentos naturais e orgânicos, tornou-se um exemplo notável de sucesso ESG entre as pequenas e médias empresas brasileiras. Fundada com a missão de promover a alimentação saudável e sustentável, a Mãe Terra cresceu significativamente, sendo adquirida pela Unilever em 2017. A empresa adota práticas agrícolas sustentáveis, apoia pequenos produtores locais e utiliza embalagens ecológicas, refletindo seu compromisso com o meio ambiente e a saúde dos consumidores.

Esses são apenas alguns dos inúmeros exemplos de empresas que adotam práticas sustentáveis e não pairam dúvidas que tais práticas fortalecem suas marcas, fazem-nas ganhar vantagem competitiva e destaque no acirrado mercado econômico, melhoram sua eficiência operacional e garantem a lucratividade a longo prazo. Esses cases de sucesso ilustram que práticas ESG são poderosas propulsoras de crescimento e inovação.

Adotar práticas ESG hoje é garantir a existência, o sucesso e a relevância da sua empresa no futuro!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Danielle Limiro Hanum 

Sócia da Hanum Corporate Legal Advisers e da Econexa, que desenvolve projetos estruturantes com ativos ambientais.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

_______

LEITORES ESTRATÉGICOS
Participem do canal STG NEWS – o portal de notícias sobre estratégia, negócios e carreira da Região Centro-Oeste: https://x.gd/O20wi