GarantiGoiás ajuda mais de 420 empresas a conseguir financiamento

Você está visualizando atualmente GarantiGoiás ajuda mais de 420 empresas a conseguir financiamento
Foi empossada hoje na ACIEG a nova diretoria do fundo goiano criado pelo setor privado para garantir que empresas, principalmente de pequeno porte, tenham acesso a crédito financeiro. (Divulgação)

Criado em 2018 para ajudar empresas goianas terem acesso a crédito financeiro para investimento ou capital de giro, a Associação de Garantia de Crédito de Goiás (GarantiGoiás) já beneficiou 429 empresários no Estado em operações financeiras que somam R$ 21,5 milhões.

Hoje (23/12), na sede da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (ACIEG), foi empossada a nova diretoria do fundo, sob a presidência de Luís Alberto Pereira, também presidente do Sistema OCB/GO. A posse foi prestigiada por empresários e dirigentes das principais entidades do setor produtivo de Goiás, do Sebrae/GO e de representantes do governo do Estado, entre outros.

As garantidoras são um instrumento importante para empresas, desburocratizando o acesso ao crédito. A GarantiGoiás foi constituída ainda em 2016, mas só lançada em 2019, numa parceria de 12 entidades, que são suas mantenedoras: Fecomércio, Fieg, Facieg, FCDL, Faeg, Faje, Acieg, CDL Goiânia, Acia, Adial, Sindilojas Goiás e OCB Goiás. O modelo é semelhante ao Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas (Fampe), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Para iniciar suas operações, o Sebrae Nacional aportou R$ 1,5 milhão no fundo goiano e mais R$ 1,5 milhão foi aportado por cooperativas goianas de crédito.

“É através da geração de empregos que vamos promover a verdadeira melhoria na qualidade de vida de todos. Nossa meta é movimentar a economia e gerar empregos em Goiás. Foi o principal objetivo que me levou a assumir a presidência da GarantiGoiás em 2018. Partimos do zero e hoje temos um fundo consolidado, que ajudou mais de 400 empresas no Estado”, disse o empresário Pedro Alves de Oliveira, que deixa a presidência do fundo.

“Estava na hora de transferir a responsabilidade para novas lideranças. Primeiro nome que surgiu foi o do Luís Alberto. Isso me deu uma paz muito grande, porque tenho a certeza que o fundo estará em mãos melhores ainda e vai agora para a sua segunda fase, de crescimento”, enfatizou.

(Divulgação)

Desafio

Novo presidente da GarantiGoiás, Luís Alberto Pereira afirmou que o convite feito pelas entidades mantenedoras é um grande desafio.

“Não é fácil suceder uma liderança como Pedro Alves, mas sabendo do apoio que teremos de todas as entidades mantenedoras, ficamos mais tranquilos. Teremos também um conselho de notáveis para nos ajudar nas decisões. Portanto, tenho a convicção de que vamos ter sucesso”, disse. “Como todos sabem, 70% dos empregos gerados são nas micro e pequenas empresas, que mais enfrentam dificuldades de acesso ao crédito. Para mudarmos o cenário adverso, precisamos trabalhar em conjunto. O desafio maior na GarantiGoiás será gerarmos maior volume de operações”, frisou.

“Parabenizamos Pedro Alves pelo comando até hoje na GarantiGoiás, ainda mais num momento em que ninguém acreditava na viabilização do fundo e num período complicado para todos. Não fosse o envolvimento de todas as entidades nada disso estaria acontecendo agora. Tenho admiração pelo trabalho que Luís Alberto tem realizado nos últimos anos na OCB e a certeza de que a GarantiGoiás estará em ótima liderança”, afirmou o presidente da ACIEG, Rubens Filetti.

“Essa posse é um momento histórico. A GarantiGoiás é um projeto gestado no Sebrae há seis anos e não conseguíamos tirar do papel, porque precisava de aportes financeiros. As entidades mantenedoras resolveram fazer o aporte necessário para viabilizar o fundo, principalmente o Sebrae e as cooperativas goianas. Hoje a GarantiGoiás existe, não é mais um sonho. Chegamos também no momento de renovar a diretoria. O primeiro nome que pensamos para liderar essa nova fase foi o do Luís Alberto. Temos a certeza de que ele vai consolidar o processo iniciado por Pedro Alves e iniciar um novo momento para o fundo”, afirmou Marcelo Baiochi (Fecomércio)

O diretor-superintendente do Sebrae em Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, anunciou que a entidade fará novo aporte em 2022 no fundo garantidor goiano, superior a R$ 1 milhão. “Temos a certeza e a confiança que a nova diretoria, comandado por Luís Alberto, vai consolidar a GarantiGoiás. O Sebrae continuará sendo parceira de primeira hora. Temos colocado a nossa estrutura à disposição de todo o setor produtivo goiano. O que estiver no nosso alcance vamos ajudar e apoiar”, disse.